Os 3 mosqueteiros que me fizeram ganhar tempo

Hoje em dia temos mais o que fazer do que tempo para fazer. Precisamos saber identificar prioridades e dar devida atenção a elas. Mas nós vivemos numa correria que, às vezes, chega a ser desnecessário. Às vezes realizamos tarefas que não havia necessidade agora, ou que nem eram nossas, e deixamos de fazer outras que gostaríamos ou preferíamos.

Para mantermos foco em nossas prioridades e tarefas, precisamos nos planejar e gerenciar o tempo a nosso favor. Ter rotina e bons hábitos são boas opções para gerenciamento de tempo, já que tarefas de rotina você acaba executando mais rápido que outras, por ter mais experiência nelas. Por exemplo, uma pessoa faz o jantar e deixa a cozinha impecável, enquanto outra pessoa faz o mesmo jantar e deixa a cozinha como se tivesse passado um tornado – a primeira pessoa conseguiu gerenciar seu tempo na cozinha e o transformou em um bom hábito, tendo como resultado mais tempo para desfrutar a noite, já a segunda pessoa ainda tem a cozinha para limpar.

E é isso que acabamos fazendo do nosso dia: ou corremos atrás de gerenciarmos nosso tempo a fim de não perdermos tempo com certas tarefas e termos mais para outras, ou acabamos fazendo menos tarefas do que gostaríamos ou até precisaríamos. Às vezes terminar a última tarefa 2 minutos antes é essencial para não perder o ônibus que vem mais vazio.

Por isso que nós sempre estamos em busca de facilitar nosso dia. Eu gosto de testar maneiras de organizar meu dia e minhas tarefas, gosto de testar novos aplicativos, gosto de testar caminhos que façam mais sentido para o meu momento, sempre a fim de gerenciar o tempo para que ele sobre para eu fazer coisas que antes eu julgava não ter tempo.

Os três mosqueteiros dos meus aplicativos que me ajudam a ganhar tempo

Para te ajudar nessa jornada em busca de tempo, vou compartilhar 3 aplicativos que realmente me dão uma mão quando o assunto é ganhar tempo, assim você pode testar e ver se ganha um tempinho também. :)

1. Todoist

Transformei o Todoist para que ele fosse meu braço direito no dia a dia, inclusive aos finais de semana. É um gerenciador de tarefas, mas eu anoto de tudo lá – tarefas que precisam ser feitas em datas específicas, as que não tem data e ideias que ainda não são tarefas. O que realmente me ajuda a ter mais tempo no final do dia são as funções tarefas recorrentes e tarefas programadas – ambas inclusas na versão gratuita. Minha rotina de trabalho já está no automático: analiso o Todoist, faço as tarefas diárias e, se sobrar tempo, analiso as tarefas sem datas para ver o que consigo realizar.

2. Google Calendar

Como já comentei em outro post, deixo tudo no Google Calendar. Eu me planejo no início do mês, adiciono os compromissos fixos, os compromissos que sei que vou ter, o tempo de deslocamento para os compromissos, o tempo de jornada de trabalho diária, e até os horários de alimentação. Sem essa de ficar pensando o que vou fazer agora ou depois. Prefiro terminar minhas responsabilidades e ter um tempo maior para descanso no final do dia.

3. Bloglovin ou Feedly

Ambos são feeds de notícias. Sigo todos os sites e blogs que gosto, ganhando tempo ao acessar um só lugar para ver se tem notícias, ao invés de entrar em diversos sites – podendo até esquecer algum. Eu costumava usar o Feedly, mas há alguns dias estou testando o Bloglovin – que inclusive me envia por e-mail sugestões de sites e blogs com base nos que já sigo.

🖤 Elemento utilizado na imagem destaque é do Flaticon. :)

✓ publicado em 08 de outubro de 2015 por Bruna Diniz