Diga mais não, por favor.

Estar lotado de trabalho não quer dizer necessariamente que você está desorganizado. Não ter tempo e fazer hora extra não quer dizer exclusivamente que não se planejou bem. Perder horas no Whatsapp não quer dizer exatamente que está procrastinando. Às vezes só temos tudo isso acontecendo em nossas vidas porque deixamos. Porque talvez faltou você dizer não.

Nós temos tendência a aceitar atividades que não são de nossa responsabilidade, apenas porque é mais fácil dizer sim a dizer não. Acontece que a partir do momento que você disse sim a responsabilidade daquilo passa a ser sua. Se você aceita a fazer o trabalho do seu colega, você pode se sobrecarregar com algo que poderia simplesmente dizer não. Se você aceita aceita um projeto novo que não cabe no seu cronograma, você pode se enrolar com algo que poderia ter negado. Se você aceita a ir em um evento que não gosta, você se colocou em uma posição de desconforto que poderia ter dito não.

Onde eu quero chegar? Diga mais não, por favor. Você não é obrigado a fazer o trabalho do outro, você não é obrigado a aceitar um novo freela, você não é obrigado a ir aquela festa com aquele tanto de gente que não gosta, você também não é obrigado a ficar no Whatsapp só porque você viu a mensagem e não respondeu . Na verdade, você não é obrigado a nada. Você não precisa ficar desconfortável na sua própria vida e para isso basta dizer não em algumas situações.

Dizer não é mais fácil do que parece

Acredite, é verdade. Se você dizer não a um freela explicando que não possui tempo hábil para realizar, você não vai perder o cliente, pelo contrário, está sendo transparente com ele. As chances de perder o cliente são maiores se você atrasar do que se for sincero e negar. Se você dizer que não possui tempo para realizar o seu trabalho mais o do seu colega, alguém pode até ficar bravo, mas você não trouxe pra você um problema que não é seu. Se você dizer não para aquela festa que não curte e ser honesto com quem te convidou, as chances dessa pessoa te entender é maior do que ela se chatear ao ver você emburrado na festa ou até ver que você faltou.

Mas e o que pessoas vão pensar?

Se isso realmente for importante para você, é melhor eu ser sincera: talvez no começo as pessoas se incomodem. Vão se incomodar porque você sempre disse sim pra tudo, porque estão acostumadas que você topa o que for mesmo que não te faça feliz, porque estão acomodadas a você estar sempre à disposição.

Com o tempo isso melhora. Eventualmente as pessoas entendem que você não está sempre disponível, começam a enxergar que você realmente estava ocupado e não era frescura sua, entendem quando você não está no pique e, o mais importante, começam a ver que você também tem sua própria vida para viver.

Então é só sair dizendo não?

Tudo o que é equilibrado tem um resultado melhor. Diga sim e não conforme sua vontade e bom senso. Se você está com tempo sobrando e pode pegar o trabalho do seu colega sem se prejudicar e ajudar ele no fim das contas, você pode dizer sim. Se você gosta tanto daquela pessoa que não importa quem estiver no evento, então você pode dizer sim. O que você não pode é sair dizendo sim para tudo e qualquer coisa, até aquelas que não concorda ou te deixa desconfortável.

Diga sim para o que te faz feliz, para o que for ajudar sem prejudicar alguém – inclusive se esse alguém for você, para o que faz parte do bom senso. Diga não para o que te prejudica, para o que te sobrecarrega, para o que te faz mal.

No fim, você vai ver como sobra mais tempo para você, como você estará mais leve por fazer mais coisas que gosta e menos as que te incomoda e quem sabe até trabalhar menos ou sair na hora certa. Tudo se encaixa, as pessoas vão te entender e você ficará mais leve e feliz.

Se liberte da resposta automática do sim. Diga mais não, por favor. E depois me conta como foi.

🖤 Elemento utilizado na imagem destaque é do Flaticon. :)

✓ publicado em 23 de maio de 2016 por Bruna Diniz