As 6 funções que mais uso no Todoist

E vamos começar 2016? Eu comecei logo no dia 4 mesmo – voltando a rotina, com os compromissos de sempre, tarefas renovadas (fiz uma faxina nelas em 2015) e cheia de energia para aplicar em todos os projetos da vida – incluindo meu desafio do Legado no The Sims 4, porque nem todos os projetos são coisas super sérias. E você, já começou o ano ou aproveitou para tirar umas férias junto do recesso? Para quem já começou ou já está se planejando para começar, trouxe algumas funções do meu gerenciador de tarefas queridinho, o Todoist. Quem me acompanha sabe que eu adoro esse app, indico ele até para a minha sombra, afinal você pode planejar o que quiser com ele, não somente as tarefas do seu trabalho.

Funções queridinhas do Todoist na versão gratuita

1. Recorrência

Se desconsiderar a função criar tarefa, sem dúvidas essa é a função que mais uso. Tarefas que precisam ser feitas todos os dias, tarefas que faço a cada 15 dias e até tarefas que faço a cada 2 meses, como comprar a ração das gatas. Tudo que identifico como repetido, seja em dias próximos ou não, deixo programado nas tarefas. Essa função é bem intuitiva e engloba diversas combinações.

2. Atalhos

Eu adoro atalhos de teclado e se eu pudesse, faria tudo através do teclado. E para quem gosta, assim como eu, vai adorar os diversos atalhos de teclado que o Todoist criou para dar uma mãozinha na hora de gerenciar as tarefas.

3. Visualização

A visualização Today (hoje) é a que mais uso, sem dúvidas. É minha visualização de entrada e onde passo a maior parte do tempo. É lá que vejo as tarefas que preciso realizar hoje e, se houver, as que estiverem atrasadas. A visualização dos próximos 7 dias também é interessante, mas como tenho muitas tarefas recorrentes, a quantidade de informações mais me atrapalha do que me ajuda. Prefiro ter tarefas que me faça conferir os outros projetos frequentemente, para não deixar eles no esquecimento.

Funções queridinhas do Todoist na versão premium

4. Templates de tarefas

Esse foi o principal motivo de eu ter migrado para a versão premium. Você cria uma sequência de tarefas e exporta como template e todas as vezes que precisar, você importa essa sequência de tarefas para utilizar. Utilizo muito, principalmente, para a publicação dos posts e vou te dizer que ganho uns 30min em comparação de como fazia antes com as listas do Evernote. Se você tem um conjunto de tarefas repetidas para um determinado trabalho, é uma opção interessante – por exemplo, se você desenvolve vídeos para o Youtube, você pode ter um template com tarefas como pauta do vídeo, gravar, editar o vídeo, finalizar o vídeo, salvar na nuvem, fazer imagens de divulgação, redigir texto de descrição, enviar para o Youtube, criar post de divulgação nas redes sociais e compartilhar.

5. Alertas

O Todoist tem alguns tipos de alertas, como o de localização, mas eu gosto mesmo é do mais simples: você agenda o horário da tarefa e ele te envia uma notificação. Não uso para as tarefas de todos os dias, senão vou ignorar os alertas e perder as que precisam ser feitas em um determinado horário. Então mantenho os alertas em casos específicos que realmente precisam de atenção naquele momento.

6. Comentários

Antes de assinar a versão premium, minhas tarefas tendiam a ser enormes ou só com palavras-chave, porque precisava anotar tudo ali. Mas tendo acesso aos comentários fica mais simples. As tarefas ficam com títulos objetivos e detalho via comentários as informações importantes. E para quem gosta, ainda tem a opção de anexar arquivos.

O Todoist tem outras funções que eu não uso muito e que podem ser úteis para você, como o compartilhamento de projetos e delegação de tarefa. No site eles diferenciam de forma clara quais são as funções free e quais são as premium. Acredito que você pode usar também para facilitar seu dia e pegar leve com a sua memória, que não precisa lembrar de tudo o que você tem pra fazer. :)

✓ publicado em 07 de janeiro de 2016 por Bruna Diniz